Recomendado, 2020

Escolha Do Editor

Diferença entre memorando e carta

Um memorando ou logo conhecido como um memorando é uma nota oficial precisa, usada para informar, dirigir ou aconselhar os membros dentro da mesma organização. No entanto, o negócio lida com um número de partes externas, como clientes, clientes, fornecedores, agências governamentais, fabricantes, sociedades, etc. para as quais uma ferramenta de comunicação diferente é usada, chamada como carta comercial. Uma carta se refere a uma breve mensagem enviada pela empresa para a pessoa ou entidade, que são de fora.

Grandes corporações exigem um sistema eficaz de comunicação de informações e mensagens, prontamente, dentro e fora da organização. Neste contexto, o telefone é uma das formas mais fáceis e convenientes de comunicação instantânea, mas quando se trata de evidências, os modos escritos são considerados melhores. Registros escritos incluem memorandos, notas, cartas, circulares e pedidos, que são usados ​​pela organização.

O artigo apresentado a você tenta esclarecer a diferença entre memorando e carta.

Gráfico de comparação

Base para ComparaçãoMemorandoCarta
SignificadoMemo refere-se a uma mensagem curta, escrita em tom informal para a circulação de informações entre escritórios.Carta é um tipo de comunicação verbal, que contém uma mensagem comprimida, transmitida para a parte externa ao negócio.
NaturezaInformal e concisoFormal e informativo
Trocado entreDepartamentos, unidades ou subordinados superiores dentro da organização.Duas casas comerciais ou entre a empresa e o cliente.
comprimentoBaixoComparativamente longo
AssinaturaAssinatura não é necessária em um memorando.Uma carta é devidamente assinada pelo remetente.
ComunicaçãoUm para muitosUm a um
ConteúdoUso de jargão técnico e pronome pessoal é permitido.Palavras simples são usadas e escritas em terceira pessoa.

Definição de Memo

O memorando é curto para o memorando, o que significa uma nota ou registro para qualquer uso no futuro. É uma mensagem curta usada como meio de comunicação informal dentro da organização, para transmitir informações por escrito. Pode ser intitulado como comunicação entre escritórios, memorando do escritório ou correspondência entre escritórios, em vez de um memorando.

O principal objetivo dos memorandos é disseminar políticas comerciais, procedimentos ou negócios oficiais relacionados. Estes são escritos em uma perspectiva de todos e podem servir a diferentes propósitos, como transmitir notícias, orientações e informações para vários destinatários, chamando as pessoas para ação ou reunião.

Pode-se usar um tom informal e pronomes pessoais no memorando. Não há necessidade de usar uma saudação e fechamento de cortesia.

Definição de Carta

Uma carta comercial pode ser definida como a forma de comunicação escrita, que contém uma mensagem longa, endereçada à parte externa à organização, ou seja, fornecedor, cliente, fabricante ou cliente. Começa com uma saudação, escrita profissionalmente na terceira pessoa e tem um fechamento complementar com uma assinatura.

A relação entre o remetente e o destinatário desempenha um papel significativo na determinação do estilo geral no qual a carta é redigida. Eles são usados ​​por várias razões, como solicitação de informações ou feedback, colocação de pedidos, reclamações ou queixas, perguntas ou acompanhamento.

A carta é impressa, digitada ou escrita no papel timbrado, que contém os detalhes da empresa como nome, endereço, logotipo, etc. Como cartas comerciais servem como evidência para ambas as partes envolvidas, então ela precisa ser educada, cortês e gentil. respeitoso para obter uma resposta imediata.

Principais diferenças entre memorando e carta

Os pontos apresentados abaixo explicam a diferença entre memorando e carta:

  1. O memorando pode ser definido como uma mensagem curta, escrita informalmente para comunicar certas informações aos membros da organização. Por outro lado, as letras podem ser entendidas como um meio de comunicação verbal que contém uma breve mensagem dirigida a uma parte externa à empresa.
  2. Um memorando usa um tom informal e é direto ao ponto. No outro extremo, as letras são muito formais e contêm muita informação.
  3. O uso do memorando é interno à organização, no sentido em que é trocado entre dois departamentos, ou unidades, ou enviado pelo gestor para informar aos subordinados. Em contrapartida, o uso da carta é de natureza externa, pois é trocada entre duas casas comerciais ou entre a empresa e o cliente.
  4. Quando se trata de comprimento, as letras são mais longas em comparação com o memorando.
  5. Não há exigência de uma assinatura no memorando, como é usado dentro da organização. No entanto, a carta deve ser devidamente assinada por quem a envia.
  6. Os memorandos são escritos para informar ou dirigir, um departamento ou número de funcionários sobre um determinado assunto e, por isso, geralmente são escritos de uma perspectiva para todos, como a comunicação em massa. Ao contrário disso, as cartas são privadas, uma vez que são endereçadas a uma determinada parte ou cliente, por isso é uma forma de comunicação interpessoal de um para um.
  7. Os jargões técnicos são comumente usados ​​em memorandos, assim como usa pronomes pessoais. Ao contrário, as letras evitam o uso de jargões técnicos e termos que não são fáceis de compreender. Além disso, as cartas são escritas na terceira pessoa.

Conclusão

Um memorando é uma ferramenta essencial para a comunicação empresarial, que é usada para transmitir uma informação específica a muitas pessoas que trabalham na mesma organização. Ele tem um grande papel a desempenhar na gravação das atividades de negócios do dia a dia e pode ser usado para referência futura.

Em contraste, as letras são consideradas como o melhor modo de comunicação escrita, que pode ser usado para dar ou buscar informações para / de uma parte externa. Ajuda a persuadir o receptor, a fazer conforme a vontade do escritor.

Top